SUPER BANNER PORTAL POTY
Tocha

Revezamento da tocha olímpica na Grécia é suspenso por temor ao coronavírus

O Comitê Olímpico Helênico suspendeu

13/03/2020 18h38Atualizado há 4 meses
Por: Redação

 

Revezamento da tocha olímpica na Grécia é suspenso por temor ao coronavírus

O ator norte-americano Gerard Butler posa com a chama olímpica durante o revezamento da tocha, que foi descartado pelas autoridades gregas, alarmado pelas grandes multidões - AFP

Estadão Conteúdo

 
 

O Comitê Olímpico Helênico suspendeu, nesta sexta-feira, o restante do revezamento da tocha dos Jogos de Tóquio-2020 na Grécia por causa da “multidão inesperadamente grande” que se reuniu para assisti-lo, apesar dos repetidos pedidos para o público se manter distante, com a intenção de impedir a propagação do novo coronavírus, denominado Covid-19.

 
PUBLICIDADE

O comitê disse que uma grande multidão se reuniu para assistir, nesta sexta-feira, a passagem da chama dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 pela cidade de Esparta, no sul da Grécia, que incluiu no seu revezamento o ator escocês Gerard Butler, estrela do filme “300”.

A tocha foi acesa com os raios do sol na última quinta-feira no local de nascimento dos Jogos na Olímpia Antiga, em uma cerimônia reduzida, sem a presença de público, em função da pandemia do coronavírus.

A decisão de suspender o revezamento foi tomada em coordenação com o Ministério da Saúde da Grécia e o Comitê Olímpico Internacional (COI). Até a última quinta-feira, a Grécia registrou 117 casos confirmados de coronavírus e uma morte. “Tomamos a decisão difícil, mas essencial, de cancelar o restante do programa do revezamento da chama no território grego”, afirmou o comitê.

 

A entrega da chama olímpica para o Comitê Organizador dos Jogos de Tóquio-2020 ocorrerá conforme previsto no próximo dia 19 no estádio de Atenas onde foi realizada a primeira edição da Era Moderna da Olimpíada em 1896. No Japão, o revezamento da tocha começará uma semana depois a partir da província de Fukushima, que foi devastada pelo terremoto e tsunami de 2011. Ele se encerrará em 24 de julho, com a realização da cerimônia de abertura no estádio Olímpico.