SUPER BANNER PORTAL POTY
Turismo

TURISMO LOCAL: CONHECENDO E RECONHECENDO

Quando o assunto é turismo logo o que se imagina são viagens e diversão, de fato o turismo proporciona através das viagens o conhecimento de toda uma beleza sem igual e a importância da mesma para todo um povo

24/01/2020 10h45Atualizado há 5 meses
Por: Aaron Van Tassel
Fonte: Portal Poty (Bruno Rodrigues)

TURISMO LOCAL: CONHECENDO E RECONHECENDO

                Quando o assunto é turismo logo o que se imagina são viagens e diversão, de fato o turismo proporciona através das viagens o conhecimento de toda uma beleza sem igual e a importância da mesma para todo um povo, porém é dentro das nossas casas que essa procura pelo conhecimento deve iniciar, pois, mais do que apenas viajar, precisamos entender a importância de tantos lugares incríveis para a cultura local, para as atuais gerações assim como também as futuras respectivamente. Mas afinal de contas, o que buscar como buscar e como ter ideia da importância dos atrativos municipais?

                Dialogando e buscando sempre estar a par do que a prefeitura juntamente com os órgãos responsáveis promove acerca de conhecimento é tarefa de todos os cidadãos castelenses já que, sempre que possível à cidade tem o prazer de receber estudiosos e pesquisadores que com satisfação oferecem para a comunidade essa troca de informações e aprendizagem. É o que pode ser dito das exposições acerca dos sítios arqueológicos próximos do Canyon do Rio Poti que, recentemente estão sendo objeto de pesquisa segundo projeto do IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Com a presença de profissionais responsáveis Profª Dra. Viviane Pedrazani, João Alfredo, Hamanda Fontenele e a grande parceira Profª Dra. Conceição Lages na palestra ocorrida na última quinta feira (23/01). Os profissionais vieram com total intuito de dar ao cidadão castelense a possibilidade de saber a respeito dos sítios, suas avaliações, cadastro e mapeamento respectivamente, uma saudável interação entre palestrantes e ouvintes que, através do diálogo demonstraram sua paixão bem como seu carinho pelo patrimônio local.

                Portanto, a presença da comunidade se faz mais do que importante em momentos como esse, pois, mais do que o patrimônio material também é de absoluta necessidade que se conheça a riqueza turística, dentro do próprio centro da cidade, por vezes até no cardápio que se consome. Dos antigos prédios do começo da cidade até a cajuína, se respira patrimônio histórico, precisando então de um olhar amoroso e cuidadoso por parte de todos!