SUPER BANNER PORTAL POTY
enquete

O que falta para situação e oposição definirem seus candidatos?

Mais uma semana se passou a nada de definição das chapas majoritárias

Blog do Douglas Cordeiro

Blog do Douglas CordeiroDouglas Cordeiro é colunista do Portal Poty

22/01/2018 00h46
Por: Redação

Mais uma semana se passou a nada de definição das chapas majoritárias. Não que tudo ainda seja um mistério. Na situação, Wellington Dias é candidato a reeleição e Ciro Nogueira também. Já na oposição, o advogado Walter Rebelo e mais recentemente o deputado Estadual, Luciano Nunes apresentam´se como candidatos ao governo do Estado. Por enquanto, é só. Nada que já não seja de conhecimento de todos.

Mas tanto um lado quanto o outro enfrentam seus dilemas e olha que não são tão fáceis de resolver

Na chapa governista, permanece a indefinição sobre a vaga de vice. MDB ou PROGRESSISTAS. Nos últimos dias, os dois partidos têm adotado estratégias diferentes. Themístocles Filho mantém uma maratona de conversas com as mais diferentes alas do Partido dos Trabalhadores e acabou de declarar apoio a secretária de Educação e deputada Federal, Rejane Dias.

O senador Ciro Nogueira e o deputado Estadual Júlio Arcoverde preferiram adotar o silêncio depois de chegarem a quase setenta prefeitos e de liberarem milhões e milhões em projetos para dezenas de cidades no Piauí. Apenas a vice-governadora Margarete Coelho tem viajado pelo interior participando de uma série de eventos.

E a oposição? Bem, continua perseguindo a estratégia de lançar dois candidatos competitivos a governador. Firmino Filho, Dr. Pessoa e João Vicente Claudino são os nomes mais cogitados, comentados e desejados. Só que até agora, nada de anúncio oficial.

João Vicente manifesta a vontade de concorrer e anuncia sua volta ao PTB em março. Dr. Pessoa ainda falta resolver se fica no PSD ou se muda para outro partido e Firmino Filho tem dito repetidamente que as chances de sua candidatura são remotas. Bom, chance remota não significa impossível. Nesta quinta-feira, Firmino e JVC se reuniram a portas fechadas para, é claro, tratar de sucessão estadual. Versões não faltaram para o que foi conversado entre os dois. Alguns dizem que poderia sair uma composição com Firmino candidato a governador e JVC de vice. Só que João Vicente já disse que vice está fora de cogitação. Outros dizem que a chapa seria João Vicente com Luciano Nunes. Será? Essa é mais provável. Mas tudo não passa de especulação.

Parece que a única certeza é a do nosso colunista Pedro Alcântara. Segundo ele, as definições só acontecem, quando as máscaras caem, depois do carnaval.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários